Linha de Chegada / SporTV

 
 
 

19 de agosto de 2011

 

O piloto Cesar Ramos e o técnico Tite, do Corinthians, são entrevistados no programa do SporTV

 
 
 
 
   

Vídeos - Teste na Ferrari Fórmula 1

 
 
 
 

Ramos testa Ferrari em Vallelunga e diz: "Foi o melhor dia da minha vida"

 
César Ramos não escondeu sua satisfação por pilotar pela primeira vez um carro de F1. Na última quinta-feira (2), o brasileiro completou 30 voltas no circuito de Vallelunga a bordo da Ferrari F2008 e registrou como melhor tempo 1min17s100. Foi o quinto brasileiro da história a guiar o bólido da escuderia de Maranello na F1. Roberto Moreno, Rubens Barrichello, Luciano Burti e Felipe Massa também já pilotaram o carro vermelho da categoria.
 
“Como eu esperava, foi uma experiência incrível”, contou Ramos. Além do brasileiro, campeão da F3 Italiana em 2010, foram à pista Stéphane Richelmi e Andrea Caldarelli, respectivamente segundo e terceiro colocados no campeonato. Richelmi registrou 1min17s970, enquanto o italiano, por ter completado suas voltas com a pista em melhores condições, anotou 1min16s360.

“O carro é superior ao que eu imaginava. A única coisa complicada é que fui o primeiro a andar e peguei pista úmida. Perdi um pouco de tempo para me adaptar e pegar confiança nesta situação. Depois, a pista começou a melhorar, mas só havia um trilho seco, e eu tinha de tomar muito cuidado para não errar e sair dessa linha”, acrescentou o gaúcho de 21 anos.
 
César lamentou o asfalto molhado no começo da tomada de tempos, mas aprovou o próprio desempenho. “Analisando tranquilamente e olhando o lado positivo, foi muito bom. Provavelmente os outros pilotos não teriam feito melhor nas condições que eu andei. O Richelmi, mesmo enfrentando situação melhor, ficou quase 0s9 atrás do meu tempo. Já o Caldarelli teve vários fatores favoráveis, como a pista melhor, ter passado dois jogos de pneus novos, além do fato de já ter guiado um F1 antes”, explicou Ramos, lembrando que o italiano já foi piloto de testes da Toyota.

“Mas o importante é que cumpri o meu objetivo de conhecer o carro e progredir a cada saída. Foi uma pena não pegar condições melhores na pista, mas não tínhamos como adivinhar. Poderia ter amanhecido com sol e chovido depois. Faz parte do jogo”, complementou.
 
Por fim, o brasileiro disse que foi elogiado pelos funcionários da equipe italiana, fechando assim seu primeiro dia após guiar um carro da F1. “O retorno que tive do pessoal da Ferrari também foi muito bom. Todos gostaram e elogiaram bastante. Enfim. Foi demais cada momento do teste, desde que liguei o carro até a última volta. Vai ser um dia inesquecível”, concluiu Ramos.
 
Acesse os links e veja matérias exclusivas com Cesar Ramos.
 

- Esporte Espetacular

- RBS Esporte - Íntegra, 20/11/2010

- Antes do "grande dia"

- Piloto brasileiro Cesar Ramos testa Ferrari modelo 2008

- Vídeo da corrida final na Itália